USA, Reino Unido e Suécia celebram o Dia Mundial da Terra na reflorestação de mangais com a Otchiva em Angola.

USA, Reino Unido e Suécia celebram o Dia Mundial da Terra na reflorestação de mangais com a Otchiva em Angola.

0 1

Hoje, 22 de Abril, assinala-se o Dia da Terra, com o tema mundial “Restaurar nossa Terra, nossa casa”. E para saudar este dia, olhando para os trabalhos de restauração dos ecosssistemas terrestre, as Embaixadas em Angola, dos Estados Unidos da América, do Reino Unido e da Suécia, escolheram reflorestar os mangais em Angola com os voluntários Otchiva.

A reflorestação que acontece este sabado, 24 de abril na comunidade do Tapo, em Luanda, para os membros e voluntários Otchivas é mais um envolvimento da comunidade internacional para a protecção dos mangais, que vem reforçar a importância destes ecosssistemas, por um lado, chamando atenção sobre a urgência de se proteger estes ecossistemas contra a sua destruição acelerada devido a poluição, e pelos entulhos feitos nestes ecossistemas para dar lugar a infraestruturas que colocam em risco a continuidade da existência de várias especies que ali habitam. E por outro lado, vem aumentar a consciência sobre a importância destes ecossistemas húmidos responsáveis pela meternanidade da vida marinha, habitat de várias espécies, zonas de subsistência para muitas comunidades de pescadores na exploração de peixe, crustaceos, moluscos, madeira, e outros recursos e com grandes funções ao longo da costa como por exemplo contra a acção erosiva das ondas evitando erosões costeiras e inundações.

Voluntários Otchivas nos mangais

Já para Fernanda Renée, líder da Otchiva, o envolvimento das Embaixadas é mais um reconhecimento pela comunidade internacional ao trabalho da protecção e restauração dos mangais em Angola, que reconhece o grande esforço e dedicação que a Otchiva tem feito através das suas acções, como a educação ambiental, limpezas, reflorestação e investigação científica para a protecção destes ecosssistemas húmidos, que aproveita apelar aos orgãos competente do Governo angolano a criação de uma legislação especifica para os mangais, bem como a criação de uma estrategia nacional para a governança destes ecosssistemas

Fernanda Renée, líder da Otchiva com o membro do corpo Diplomático da Embaixada USA

E como reflexão para este Dia Mundial da Terra, Fernanda Renée leva-nos a reflectir sobre o tempo que chegou para todos nos reconciliarmos com a mãe natureza.

“Quando afirmarmamos que é necessário nos rencociliarmos com a mãe natureza é porque a seca severa que assola vastas regiões de áfrica, da Ásia e das Ámericas por exemplo é consequencia directa da irreponsabilidade do homem. As florestas tropicais, tanto da Amazonia quanto a floresta equatorial africana, os principais pulmões do planeta, estão seriamente ameaçadas devido a exploração desmensurada da madeira, à caça furtiva e a ganância de muitas multinacionais que são grupos económicos poderosos que exploram ser escrupulos os recursos mineriais e contaminam os solos e rios. Actualmente em todos os oceanos há mais resíduos de plásticos do que peixe. A poluição atingiu proporções assustadoras. O aquecimnto global põe em causa a continuidade das especies, incluindo a raça humana. Mas infelizmente há líderes mundiais que não acreditam no aquecimento global e investem em industrias altamente poluentes. Milhões de pessoas em todo o mundo, particularmente em África passam fome porque perderam as suas terreas de cultivo e de pasto, o peixe desapareceu em muitos rios, e os governos não têm soluções. No Nosso Páis ainda registamos actos graves de agressão ao Planeta terra. Queimadas e indecêndios florestais, destruição dos mangais e de toda a orla costeira, falta de saneamento básico em todas as cidades, vilas e aldeias do País, São apenas alguns dos exemplos a citar. Por isto nesse momento de quarentena em que o mundo vive aterrorizado pela pandemia do novo corona virus, deveríamos parar para perceber que os avanços da ciência e da tecnologia não nos permitiram contrariar a mãe natureza. A humanidade só vencerá estes e outros desafios se RECONCILIAR-SE COM A MÃE NATUREZA.”

Sobre o Dia Mundial da Terra

A data foi criada por meio de um protesto ambiental que ocorreu em 1970, liderada pelo ativista ambiental e senador estadunidense Gaylord Nelson (1916-2005). A manifestação acerca dos temas ecológicos ocorreu em 22 de abril de 1970 nas cidades de Washington, Nova York e Portland.

A intenção também era pressionar o governo e assim, atingir alguns de seus objetivos. Esse momento representou um marco da história da ecologia. A partir daí muitos encontros, conferências, debates foram sendo criados em torno da questão ambiental, como a Conferência de Estocolmo (1972).

No entanto, essa data foi implementada pela ONU quase 4 décadas após o movimento, ou seja, no ano de 2009. Além disso, ela foi nomeada como Dia Internacional da Mãe Terra.

Partilhar:

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Precisas de ajuda?
Enviar via WhatsApp